Crítica MasterChef Brasil: cansativo, mas ainda o melhor programa da TV
Crítica televisão Notícias Televisão

Crítica MasterChef Brasil: cansativo, mas ainda o melhor programa culinário da TV

  •  
  •  
  •  
  •  
MasterChef Profissionais Jacquin

MasterChef Profissionais com Paola e Henrique

Nesta terça, dia 13 de março, o MasterChef Brasil vai definir as últimas 11 vagas desta nova temporada; programa começa às 22h30 na tela da Band

Na semana passada o público acompanhou o retorno da principal atração da programação da Band: o ainda badalado mas já um pouco cansativo MasterChef Brasil.

O programa não deixou a desejar, mas também não foi nenhum primor. Cumpriu o seu papel de melhor entretenimento da Band e de melhor programa de culinária da rede aberta. Novamente o melhor do MasterChef foram as interações com os jurados, Fogaça, Jacquin e Paola, e o pior foi a falta de coisas novas, aquele sentimento de que está começando mais do mesmo.

Tudo bem que seja um tanto complicado querer que um programa como o MasterChef apresente grandes novidades a cada edição. Um programa de culinária não pode mudar tanto as regras como o The Voice ou o BBB, por exemplo. Então para que a edição seja um sucesso a fórmula é bem simples: bons candidatos e um trio de jurados empolgado. Se tivermos isso nesta temporada há chances bem grandes desta edição empolgar o público e fazer o programa virar novamente uma fábrica de memes.

Leia+  Crítica MasterChef: prova desta terça do Baião de Dois foi a maior da história do programa

Nesta terça

Nesta terça o segundo episódio coloca em jogo as últimas 11 vagas da cozinha mais exigente do mundo. Para garantir o avental, os cozinheiros amadores terão de preparar receitas como bolo de chocolate, saltimboca, arroz brasileiro, entre outras, em duelos de fortes emoções. Os participantes que não conseguiram uma vaga terão uma nova chance: eles disputarão uma repescagem que reunirá os melhores competidores. Apenas 21 seguirão na disputa pelo título de MasterChef.

Novidade

Nesta temporada, todos os desafios do MasterChef Brasil valem prêmios. Após a conquista do avental, os vencedores das provas individuais acumularão R$ 1 mil em compras no cartão Carrefour; já as mini-provas valerão R$ 500 para quem fizer o melhor prato. Os dois finalistas ainda serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para fazer compras com o cartão Carrefour.

Leia+  MasterChef desta terça tem prova com carnes exóticas e eliminação com culinária do Oriente Médio

O grande vencedor do talent show vai ganhar o troféu MasterChef; uma conta na Caixa recheada com R$ 200 mil; uma bolsa de estudos na Le Cordon Bleu, em Paris; o próximo lançamento da Citroën; eletroportáteis e utensílios da Tramontina by Breville; uma viagem para a Itália para conhecer a fábrica da Barilla e acompanhar a final do Worldpasta Championship; além de criar uma receita exclusiva de molho de tomate para a linha Pomarola Chef. O segundo colocado também ganhará uma bolsa de estudos na Le Cordon Bleu, no Canadá.

O MasterChef Brasil, formato da Endemol Shine Group, é uma co-produção da Band com o Discovery Home & Health. O programa vai ao ar todas as terças-feiras, às 22h30, na tela da Band (com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para smartphones). A atração também vai ao ar às sextas-feiras, às 19h20, no Discovery Home & Health, com reapresentação aos domingos às 18h55.

Sobre o autor

Redação

Redação

Matéria produzida pela equipe do site.
Copyright © 2018. Cabine Cultural: arte, cultura, entretenimento; cinema & tv

Deixe uma resposta