Crítica: Tela Quente desta segunda exibe o tenso “No Olho do Tornado”
Notícias Televisão

Crítica: Tela Quente desta segunda exibe o tenso “No Olho do Tornado”

  •  
  •  
  •  
  •  
No Olho do Tornado

No Olho do Tornado

No Olho do Tornado em Tela Quente: “A primeira parte da narrativa possui a função de preparar o terreno para os acontecimentos que vem a seguir”

Furacão no cinema é igual a tensão a mil por hora. E é assim mesmo que o filme “No Olho do Tornado” se caracteriza. O filme, recheado de cenas de tensão e muita ação, é o destaque desta segunda, dia 9 de abril, de Tela Quente, da Rede Globo.

Uma ótima opção de ação para quem for ficar em casa nesta segunda. O filme começa logo após a edição curta do BBB 18.

Crítica

No Olho do Tornado, do cineasta Steven Quale (Premonição 5), pegou muitos de surpresa ao possuir uma premissa muito próxima a do clássico dos nos 1990 Twister, filme que trazia a então estrela ascendente de Hollywood Helen Hunt em um de seus mais significativos papeis. O filme vem recebendo inúmeras críticas por conta desta apropriação indevida de um tema, o que cá entre nós, é um grande de um absurdo, já que um tema não deve ser propriedade de ninguém, sobretudo um assunto que é bastante comum aos americanos, que é a incidência de tornados e tempestades gigantescas.

Leia+  Tela Quente desta segunda é especial com sensacional “Mad Max – Estrada da Fúria”

Deixando de lado esta bobagem, o filme, que tem alguns pontos falhos, consegue entreter facilmente um espectador que esteja a fim de se divertir e apresenta algumas sequências de ação de tirar o fôlego e cria uma tensão poucas vezes vistas em filmes deste gênero.

Na história de No Olho do Tornado temos Pete (Matt Walsh), um documentarista no que, com a ajuda da meteorologista Allison (Sarah Wayne Callies, de Prison Break e The Walking Dead), busca capturar em uma super câmera e com o uso de sofisticadas ferramentas incluindo um carro-tanque, o olho do tornado. No meio do caminho, quando o tornado já havia feito estrago pela cidade, eles se juntam ao professor Gary (Richard Armitage, de O Hobbit) e seu filho Trey (Nathan Kress) na procura do filho mais velho dele, Donnie (Max Deacon) que estava em outro canto da cidade com a colega Kaitlyn (Alycia Debnam Carey).

Leia+  Tela Quente desta segunda exibe X-Men: Apocalipse. Leia crítica

A primeira parte da narrativa possui a função de preparar o terreno para os acontecimentos que vem a seguir. Busca também criar um laço afetivo do espectador com os personagens, contando assim duas histórias paralelas, que se encontram no meio da trama. Temos a história da equipe que busca fazer um documentário sobre o olho do tornado e uma família (pai e dois filhos) que estão envolvidos na festa de formatura da escola na qual o pai é vice-diretor e os filhos estudam. Esta escolha é bem intencionada e realmente ajuda o público a se importar mais com o que possa acontecer com eles. No entanto, é um tanto frágil por apresentar uma perspectiva bem clichê da situação: mãe que não tem muito tempo para a filha, pai com dificuldade de relação com os filhos adolescentes… poderia ser melhor construído, mas sabemos que os esforços dos roteiristas estavam focados nas cenas de ação, o ponto forte do filme.

Leia+  Filmaço, Tela Quente desta segunda exibe Capitão Phillips, com o gênio Tom Hanks

Tenso em sua maior parte, com alívios cômicos interessantes (uma dupla muito esquisita que busca fazer um super vídeo para pôr no Youtube) No Olho do Tornado é diversão garantida. Dinâmico, por vezes frenético, o filme consegue cumprir o que promete: cenas de ação de tirar o fôlego. Somente por isso já merece uma ida ao cinema.


O Candidato Honesto 2
A Freira

Sobre o autor

Redação

Redação

Matéria produzida pela equipe do site.
Copyright © 2018. Cabine Cultural: arte, cultura, entretenimento; cinema & tv

Deixe uma resposta