Crítica Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas - Divertida animação para a família
Cinema Críticas Notícias

Crítica Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas – Divertida animação para a família

  •  
  •  
  •  
  •  
Hotel Transilvânia 3

Hotel Transilvânia 3

 

Hotel Transilvânia 3 entrega mais do mesmo, mas ao final da trama agrada crianças e os seus pais; parte final da animação é mais empolgante

Um aspecto bem interessante em assistir a uma animação infantil na sala do cinema, e num dia comercial, é observar mais claramente se o filme de fato agrada o seu público alvo, ou seja, as crianças, e os seus pais, afinal de contas, crianças não vão aos cinemas sozinhos.

Hotel Transilvânia 3, em cartaz na rede UCI Orient de Cinemas, consegue, no fim das contas, agradar o seu público alvo. O agrado, entretanto, é gradativo, e somente mais para o fim da história que o público engrena na parte cômica, que é o objetivo de uma animação de comédia, e também na mensagem proposta, tão importante quanto numa animação voltada para a família e com o foco nas crianças.

Leia+  Os Incríveis 2: “encanta em cada detalhe”

A nova história
Solitário e infeliz, buscando um novo amor na internet, Drácula é surpreendido com um presente da querida filha: férias em um cruzeiro. Inicialmente resistente à ideia, ele acaba engajado no passeio ao se encantar pela comandante, que, no entanto, esconde um segredo nada amigável.

A historinha é quase toda focada em Drácula e sua filha, que saem do universo do hotel a vão para o alto mar, mas para reproduzir quase todos os elementos do hotel. Ou seja, veremos as mesmas situações, só que agora em um barco. Assim, a equipe de roteiristas do filme de um ar de novo para uma sequência que apresenta quase que mais do mesmo.

Leia+  "Selfie Para o Inferno" estreia nesta quinta nos cinemas de São Paulo

E isso é necessariamente ruim? Claro que não. Animações como Hotel Transilvânia trazem como objetivo o puro entretenimento inocente. Desta forma, dificilmente a saga vai secar em termos de bilheterias, mas é claro que em algum momento o processo criativo vai saturar. O terceiro filme já dá mostras disso, mas ainda dá para a criança, e os seus pais, se divertirem bastante.

Os personagens secundários, que dão recheio ao filme, são ótimos, mas a verdade é que a história só toma forma do meio para o fim, quando aquela velha estrutura mocinhos x bandidos é colocada à tona de forma mais evidente.

O desfecho é engraçado, com uma guerra musical, bem inocente e piegas, mas que num filme como Hotel Transilvânia 3 funciona bem.

Leia+  A Noite do Jogo: comédia acima da média

Uma divertida animação, que começa regular mas que ganha força na parte final.

Principais informações
Data de publicação:
Título da publicação:
Crítica Hotel Transilvânia 3
Classificação:
31star1star1stargraygray

Sobre o autor

Luis Fernando Pereira

Luis Fernando Pereira

Possui grande experiência na área de jornalismo cultural. Além de editor do site é colunista dos sites Coisa de Cinema, Midiorama e Feminino e Além. Fez parte de um dos júris do VII Festival Internacional Panorama Coisa de Cinema.

Deixe uma resposta