Na Netflix: “Felicidade Por Um Fio” e transição capilar
Cinema Comportamento Notícias

Na Netflix: “Felicidade Por Um Fio” e transição capilar

  •  
  •  
  •  
  •  
Felicidade Por Um Fio

Felicidade Por Um Fio

Na obra, destaco principalmente quatro personagens-chave: a protagonista, Violet, interpretada pela atriz Sanaa Lathan; sua mãe, Paulette Jones, interpretada por Lynn Whitfield; Will, o cabeleireiro, interpretado por Lyriq Bent; e Zoe, a filha de Will, interpretada por Daria Johns

A Netflix lançou em 21 de setembro o filme “Felicidade Por Um Fio” (Nappily Ever After), uma comédia romântica que conta a história de Violet Jones, uma mulher negra, publicitária e que, aparentemente, tem a vida perfeita, o emprego perfeito, as roupas perfeitas e… o cabelo liso perfeito.

Quando vi todo mundo falando sobre o filme e após alguns amigos me indicarem, fui rapidamente assisti-lo. Principalmente por conta do tema da minha pesquisa de conclusão do curso de jornalismo que fala sobre cabelo crespo e afirmação da identidade negra.

Leia+  Trailer: Netflix confirma estreia de “Vai Anitta” para dia 16 de novembro

Logo na primeira cena, o filme me faz disparar vários gatilhos com relação a cabelo na infância. Violet não podia brincar e se sujar como as outras crianças e nem podia tomar banho de piscina, tudo isso por causa do seu cabelo alisado e pelo fato de ser negra. Ela se sujar como as outras crianças brancas tem outro peso e, inconsciente ou não disso, a mãe obrigava Violet a estar sempre limpa, arrumada, comportada e perfeita. Nesse filme, a perfeição é uma questão muito importante para entender as subjetividades tanto de Violet, quanto da sua mãe.

Na obra, destaco principalmente quatro personagens-chave: a protagonista, Violet, interpretada pela atriz Sanaa Lathan; sua mãe, Paulette Jones, interpretada por Lynn Whitfield; Will, o cabeleireiro, interpretado por Lyriq Bent; e Zoe, a filha de Will, interpretada por Daria Johns. Cada um desses personagens têm papéis fundamentais no desenvolvimento da personagem principal e, ao longo do filme, vamos percebendo isso… Continua a leitura




Robin Hood
A Voz do Silêncio

Sobre o autor

Camila Botto

Formada em jornalismo com pós-graduação em mídias digitais, Camila Botto é colunista do Cabine Cultural, editora-chefe do Feminino e Além, autora do livro Segredos Confessáveis e sócia da Dendê Cult Press.

Deixe uma resposta