Crítica De Repente Uma Família: diversão bem gostosa
Cinema Notícias

De Repente Uma Família: diversão bem gostosa para uma tarde de domingo

  •  
  •  
  •  
  •  
Vidro

“Intercalando muitas risadas com muito drama, o filme é uma delícia por completo. Sean Anders, diretor, roteirista e veterano do gênero, entrega o que, para mim, consegue ser o seu melhor filme”

Chegamos a mais um fim de ano e sabemos que, nesse período, há muitas tradições a serem seguidas. Uma delas e, talvez, a minha favorita (depois da fartura da ceia), são aqueles filmes água com açúcar, feitos para levarem o público às lágrimas, intercaladas com risadas gostosas e improváveis.

O filme, que estreia no dia 29 de novembro, traz a história de um casal que decide adotar uma criança e acaba com três filhos em casa. Pete e Ellie, interpretados por Rose Byrne e Mark Wahlberg, a princípio planejam adotar uma criança. Durante uma espécie de feira (meio bizarro, mas é) para conhecer as crianças que estão disponíveis ara adoção, eles se encantam com Lizzie (Isabela Moner), uma adolescente de personalidade forte, que tem dois irmãos mais novos. Um pacote inesperado, mas que mudará a vida dessas cinco pessoas para sempre.

De Repente Uma Familia

De Repente Uma Familia

Para melhorar tudo, coloque na cabeça aquelas palavrinhas que nos fazem ficar ainda mais atentos a um filme, programa de TV e afins: BASEADO EM FATOS REAIS! Pois é! Essas palavras me fazem amar qualquer filme antes mesmo de assisti-lo. E por que? A resposta é óbvia: sou uma sentimental incorrigível.

Intercalando muitas risadas com muito drama, o filme é uma delícia por completo. Sean Anders, diretor, roteirista e veterano do gênero, entrega o que, para mim, consegue ser o seu melhor filme. A trama é muito bem construída, caindo no clichê, que como eu já disse aqui na coluna outras vezes: eu amo! Contudo, não é um clichê barato, até mesmo porquê, é uma história que ajuda a refletir sobre o sistema de adoção e o quanto as crianças e adolescentes que fazem parte dele, sofrem… Continua a leitura

Bumblebee (2018)

Sobre o autor

Camila Botto

Formada em jornalismo com pós-graduação em mídias digitais, Camila Botto é colunista do Cabine Cultural, editora-chefe do Feminino e Além, autora do livro Segredos Confessáveis e sócia da Dendê Cult Press.

Deixe uma resposta