Link Perdido
Notícias Televisão

Câmera Record (26/5) entrevista acusado de ser mandante de chacinas no Pará

Câmera Record deste domingo
Câmera Record deste domingo – Foto de Edu Moraes

Programa traz entrevista exclusiva com acusado de ser mandate de chacina no Pará; vai ao ar neste domingo, dia 26 de maio na Rede Record

Neste domingo, 26 de maio, o Câmera Record traz, com exclusividade, detalhes sobre o andamento da investigação de duas chacinas no Pará, ocorridas em março deste ano, que tiveram repercussão mundial. Pela primeira vez na TV, Fernando Rosa Filho, o grileiro acusado de ser o mandante do crime, fala sobre a acusação.

A equipe de reportagem obteve acesso a documentos que apontam que ele contratou quatro pistoleiros para assassinar a defensora do meio ambiente Dilma Ferreira Silva. Na emboscada, o marido e um colega de família também foram mortos em um bar na cidade de Baião, sudoeste do Pará.

Ao ser questionado sobre o assunto, o grileiro desconversa. “Por que eu mataria Dilma? Eu nem a conhecia”, respondeu ele.

Na noite do crime, horas antes, os pistoleiros tinham executado com tiros na cabeça três funcionários da fazenda de Fernando e, em seguida, carbonizaram os corpos.

Leia também

Sexo, moda, comportamento no Feminino e Além
Veja programação de cinema da Rede UCI Orient Cinemas
Lista de filmes que abordam questões éticas e morais

O programa vai mostrar quais foram os motivos que levaram a essa barbárie e qual a relação entre os casos.

Nova chacina
Uma chacina num bar na periferia de Belém (PA) deixou 11 pessoas mortas e uma ferida por volta das 16h do domingo passado (19/5).

De acordo com informações da Segup (Secretaria de Segurança Pública), sete atiradores chegaram ao local, conhecido como Wanda’s Bar, em uma moto e três carros. O bar fica localizado na Passagem Jambu, altura do número 52, no bairro Guamá.

O secretário lamentou as mortes e declarou que o caso será investigado “com rigor”. “Estamos dando respostas em todos os casos que ocorreram homicídios de policiais e outros homicídios de grande repercussão. Esse caso exige um rigor maior e nós iremos responsabilizar quem quer que seja que tenha praticado essa atrocidade”, declarou. “Nós não vamos recuar, esse é o recado que o Estado passa a qualquer tipo de enfrentamento”, completou.

O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios e, segundo a pasta, a Força Nacional está reforçando o policiamento junto às polícias Civil e Militar. Desde março, mais de 200 agentes foram para o estado após o ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro ter assinado portaria que autoriza a atuação da Força Nacional na região metropolitana do Pará com a justificativa de reduzir os índices de criminalidade por 90 dias.

O Câmera Record vai ao ar domingo 26/05, logo depois do Domingo Espetacular, às 23h15.

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Assista ao trailer

Dora e a Cidade Perdida

Assista ao trailer

Doutor Sono

Assista ao trailer

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio

Assista ao trailer

Maria do Caritó

Assista ao trailer

Projeto Gemini

Assista ao trailer

ElaDisse, Ele Disse