Nada a Perder 2

Temperatura Máxima (16/6) exibe o épico e sensacional King Kong

King Kong na Temperatura Máxima
King Kong na Temperatura Máxima

Temperatura Máxima deste domingo, dia 16 de junho, exibe King Kong, filme de 2005 que foi um dos filmes mais elogiados do ano e venceu muitos prêmios

A Rede Globo vai exibir neste domingo, dia 16 de junho, na sessão Temperatura Máxima, o sensacional King Kong, de 2005.

O filme foi bastante elogiado pela crítica e é um dos melhores filmes de 2005. Começa logo depois do programa Tamanho Família.

Filme
A história se passa em 1933. Ann Darrow (Naomi Watts), uma atriz de vaudeville, enfrenta dificuldades para se sustentar, como vários outros americanos durante a Grande Depressão. Ela caminha pelas ruas de Manhattan pensando na possibilidade de trabalhar em um cabaré, até que a fome a faz roubar uma maçã. Ann é salva pelo cineasta Carl Denham (Jack Black), que oferece a ela o papel principal em sua próxima produção. Inicialmente indecisa, Ann aceita a oferta após saber que o roteirista é o conceituado dramaturgo Jack Driscoll (Adrien Brody). Na verdade Carl está em apuros, já que o patrocínio para concluir seu filme inacabado foi cancelado e sua antiga atriz principal abandonou o projeto.

Leia também

Veja programação de cinema da Rede UCI Orient Cinemas
Lista de filmes que abordam questões éticas e morais

Crítica e Oscar
Apesar dos problemas, Carl embarca a equipe e o elenco de seu filme no cargueiro fretado S.S. Venture. O objetivo da viagem é chegar na Ilha da Caveira, que tem a fama de abrigar uma raça perdida e várias criaturas consideradas extintas. No final do filme, o grande gorila sobe no edifício Empire State Building, e em uma das cenas mais marcantes e produzidas do cinema, King Kong cai lá de cima impressionando a todos.

King Kong tem aclamação por parte da crítica profissional. Com a pontuação de 84% em base de 287 críticas, o Rotten Tomatoes chegou ao consenso: “Com o estado da arte de efeitos especiais, performances incríveis, e um majestoso senso de espetáculo, o remake de King Kong de Peter Jackson é um épico poderoso, fiel ao espírito do original de 1933”

Foi indicado a quatro estatuetas do Oscar na cerimônia de 2006, vencendo nas categorias de Melhores Efeitos Especiais, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som. Perdeu para Memoirs of a Geisha em Melhor Direção de Arte. King Kong foi o maior ganhador da noite ao lado de Brokeback Mountain, Crash e Memoirs of a Geisha, todos conquistando três prêmios.

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Assista ao trailer

Uma Noite Não é Nada

Assista ao trailer

Brinquedo Assassino

Assista ao trailer

Era Uma Vez... em Hollywood

Assista ao trailer

Meu Amigo Enzo

A melhor hospedagem

Hostinger