Nada a Perder 2

Ganhadeiras de Itapuã grava DVD em Salvador em apresentação mágica

Ganhadeiras - Fotos de Cris Lopes (1)
Ganhadeiras – Fotos de Cris Lopes (1)

Apresentação aconteceu no Teatro Castro Alves e recebeu convidados do nível de Saulo Fernandes e Mariene de Castro

Falar das Ganhadeiras de Itapuã é misturar-se com a história da Bahia. É relembrar das leituras e dos livros de Jorge Amado. É lembrar de Cayme e de Vinícius. Dos veraneios dos nativos baianos para a história da própria identidade da Bahia é que nascem as cantigas, as roupas coloridas e o sustendo das famílias dessas mulheres cheias de experiências de luta, resiliência e resistência. É lindo de ver e de ouvir.

A Lagoa do Abaeté, as roupas de ganho, o samba de roda e os balaios que saiam com elas pelas ruas vendendo quitutes e os mariscos pescados, contam os contos e encantam. O show, que marca os 15 anos das Ganhadeiras, que aconteceu no Teatro Castro Alves ontem, dia 31 de julho, foi agraciado com a gravação do DVD e recebeu convidados que, como as próprias ganhadeiras, se misturam com nossa baianidade: a encantadora Mariene de Castro, o iluminado Saulo Fernandes e raça de Margareth Menezes.

Das mais idosas às crianças, o palco do TCA se encheu de luz e de encanto. Platéia lotada, expectativa no peito e uma alegria que o próprio canto das baianas, das ganhadeiras, dos pescadores e da Bahia trazem consigo.

Leia também

Sexo, moda, comportamento, no Feminino e Além
Guia de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Lista de filmes que falam sobre Ética e moral
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil
10 livros incríveis para o homem moderno
Programação de cinema da Rede UCI Orient

O show
Além das vozes das ganhadeiras de Itapuã, o show recebeu como convidados Mariene de Castro, Margareth Menezes, Larissa Luz e Saulo Fernandes. No repertório da apresentação, canções autorais das próprias integrantes do grupo, quanto de compositores do bairro de Itapuã, além de uma passagem por canções de Dorival Caymmi, prestando uma homenagem ao lendário bairro de Salvador. A direção musical e os arranjos são criados por Amadeu Alves, direção artística e audiovisual por Dayse Porto e coordenação geral de Fernanda Bezerra.

Natura Musical
Natura Musical nasceu em 2005 para fomentar e valorizar a cena musical feita no Brasil, por meio do uso responsável e transparente de recursos incentivados. Dessa forma, o programa assume um desafio que significa não só fortalecer a produção cultural contemporânea, mas também contribuir para que a música encontre novos meios para se propagar, com artistas cada vez mais conectados com seu público.

O programa apoia trabalhos de artistas em diversos formatos — que, em comum, refletem e contestam o momento de profunda transformação no qual vivemos. Assim, a plataforma busca se conectar com a música que reverbera uma cultura de paz e celebra a liberdade de pensamento e a diversidade.

Ganhadeiras
As Ganhadeiras de Itapuã são história viva, referência cultural batizado com este nome em homenagem às mulheres que desde o século XIX e início do século XX, faziam “lavagem de ganho” (lavando roupas) ou saiam com seus balaios a pé para vender peixe e quitutes pela cidade e assim ganhar o sustento da família. O grupo se formou por mulheres guerreiras que se reuniam para conversar sobre as antigas tradições de Itapuã, cantar e dançar samba de roda. Em 2004, o grupo As Ganhadeiras tomou forma e hoje conta a história de Salvador, da nossa cultura, das mulheres do Brasil, em forma de cantigas e sambas.

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Assista ao trailer

Uma Noite Não é Nada

Assista ao trailer

Brinquedo Assassino

Assista ao trailer

Era Uma Vez... em Hollywood

Assista ao trailer

Meu Amigo Enzo

A melhor hospedagem

Hostinger