Cinema Notícias

Trailer: “MACABRO”, novo filme do diretor Marcos Prado

Macabro
Macabro

A ideia de fazer MACABRO surgiu em 2009, quando o diretor teve acesso a detalhes sobre o caso

Acaba de ser divulgado o teaser de MACABRO, novo filme do diretor Marcos Prado, inspirado na história real de Ibrahim e Henrique de Oliveira, os “Irmãos Necrófilos”, que nos anos 90 foram acusados de brutais assassinatos de oito mulheres, um homem e uma criança, na Serra dos Órgãos, em Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro. O longa, que teve estreia internacional na competição oficial do Festival de Austin no Texas e foi exibido na 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, foi selecionado para mostra competitiva da Première Brasil do Festival do Rio, que acontece de 9 a 19 de dezembro.

Leia também

Sexo, moda, comportamento, no Feminino e Além
Guia de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Lista de filmes que falam sobre Ética e moral
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil
10 livros incríveis para o homem moderno
Programação de cinema da Rede UCI Orient

Os crimes foram amplamente noticiados na mídia nos anos 90, quando assassinatos em série cometidos por dois jovens irmãos negros, seguido de estupro, estavam acontecendo na região serrana, envoltos em lendas e histórias sobrenaturais, contadas pelos próprios moradores – uma comunidade de imigrantes suíços, extremamente religiosa e conservadora.

A captura dos “Irmãos Necrófilos” foi uma das missões mais longas e difíceis da história do BOPE. O filme adota esse ponto de vista, ao acompanhar o sargento Teo (Renato Goés), um jovem policial que nasceu na região e passa por uma crise profissional e ética, quando é resignado para voltar à sua cidade natal na busca pelos suspeitos escondidos na Mata Atlântica.

A ideia de fazer MACABRO surgiu em 2009, quando o diretor teve acesso a detalhes sobre o caso. Nessa época Prado foi procurado pelo advogado de Henrique, um dos irmãos que se encontrava preso, alegando que ele havia sido condenado injustamente – que não havia provas contra Henrique, e que ele não havia participado dos crimes com o irmão Ibrahim… Continua a leitura