Notícias Televisão

Temperatura Máxima (5/1) exibe O Destino de Jupiter

O Destino de Jupiter
O Destino de Jupiter

Temperatura Máxima: Elenco pop do filme acabou não rendendo o que o estúdio previu e pode ser considerado um fracasso comercial

Antes de tudo, uma observação: Lily e Lana Wachowski podem entrar tranquilamente no hall da fama do cinema por terem dirigido uma das obras-primas do cinema contemporâneo, Matrix.

Porém, depois de Matrix, vieram alguns filmes bem medianos e com exageros de roteiro. Uma primeira redenção poderia até vir com Sense8, a série da Netflix que não durou muito, mas que muitos consideram um cult. A série é linda visualmente mas também possui os mesmos defeitos já citados: exageros narrativos.

Leia também

Sexo, moda, comportamento, no Feminino e Além
Guia de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Lista de filmes que falam sobre Ética e moral
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil
10 livros incríveis para o homem moderno
Programação de cinema da Rede UCI Orient

Uma terceira chance para redenção veio com “O Destino de Jupiter”, filme que é atração da Temperatura Máxima deste domingo, dia 5 de janeiro, na Rede Globo.

O filme não chega a decepcionar, mas também ainda não foi a vez que os dois voltaram a fazer uma outra obra-prima do cinema. Não que eles sejam obrigados, mas quando o público percebe que a pessoas é um gênio, ela pede sempre o melhor.

O filme

Jupiter Jones é a descendente de uma linhagem que a coloca como a próxima ocupante do posto de rainha do universo. Sem saber disto, ela segue sua vida pacata trabalhando como empregada doméstica nos Estados Unidos, país onde vive após deixar a Rússia. Um dia, ela recebe a visita de Caine, um ex-militar alterado geneticamente que tem por missão protegê-la a todo custo e levá-la para assumir seu lugar de direito.

Temperatura Máxima deste domingo, dia 5 de janeiro, começa logo após a primeira edição da seção, com o filme Operação Big Hero.