Notícias Televisão

Em Malhação (4/3) Leila é expulsa de manifestação para encontrar Rita

Malhação
Malhação

‘Malhação: Toda Forma de Amar’ é a mais nova fase da icônica novela adolescente da Rede Globo

Malhação entra em mais uma semana da nova temporada e os acontecimentos prometem agitar a vida dos personagens.

Sinopse

Desesperado com o desaparecimento de Rita (Alanis Guillen), Filipe (Pedro Novaes) reúne toda a galera de Caxias para uma grande manifestação, usando camisetas com o rosto da jovem. Carla (Mariana Santos) e Lígia (Paloma Duarte) também participam do movimento e ficam impressionadas com a quantidade de pessoas engajadas em ajudar a encontrar Rita. Carregando cartazes e faixas, os jovens andam pelas ruas do município na esperança de que a iniciativa traga ao menos uma pista sobre o paradeiro da moça.

Leia também

Sexo, moda, comportamento, no Feminino e Além
Guia de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Lista de filmes que falam sobre Ética e moral
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil
10 livros incríveis para o homem moderno
Programação de cinema da Rede UCI Orient

Durante o ato, Leila (Jade Cardozo) aparece, para completa indignação de Jaqueline (Gabz), a primeira a vê-la. Filipe se aproxima e confronta Leila sobre o que está fazendo ali, já que nunca gostou de Rita. Ela garante que veio prestar solidariedade, irritando todos que estão em volta. Lígia (Paloma Duarte), com calma, pede a Leila que vá embora para não causar confusão, mas ela insiste que está ali para ajudar. Filipe pede novamente que Leila deixe a manifestação e a jovem, exaltada, diz que não vai a lugar algum. Para expulsá-la, puxa uma vaia para Leila, que logo é repetida por todos. A jovem começa a chorar, humilhada, e Filipe pede que a atenção se volte para a manifestação. Em instantes, os jovens cessam as vaias e retornam a caminhada rumo à delegacia.

A sequência está prevista para ir ao ar a partir desta quarta-feira, dia 04, em ‘Malhação: Toda Forma de Amar’. A trama é escrita por Emanuel Jacobina, com supervisão artística de Carlos Araújo e direção artística de Adriano Melo.