Notícias Sexo

Krishna Mahon e mais: SEXPRIVÉ lança especial sobre Dia Internacional da Mulher

SexPrivé
SexPrivé

Dia Internacional da Mulher será tema de especial no canal adulto SexPrivé; o canal exibirá filmes durante todo o mês de março para homenagear as mulheres

Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, o SEXPRIVÉ lança uma sessão especial neste sábado (7 de março). O canal adulto contará com filmes para homenagear o universo feminino por todo o mês de março. A estreia traz a exibição de “Devassa”, produção estrelada por Monica Mattos e que rendeu o Oscar Pornô nos Estados Unidos à brasileira.

Leia também

Sexo, moda, comportamento, no Feminino e Além
Guia de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Lista de filmes que falam sobre Ética e moral
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil
10 livros incríveis para o homem moderno
Programação de cinema da Rede UCI Orient

No dia 14 de março, será apresentado aos assinantes “Homem Não Entra #6”, que conta só com mulheres em ação. “Coroa Nota 1000” e “Bobbi Starr no Rio” são os próximos filmes da sessão especial do canal, que entrará no ar aos sábados às 23h.

O público pode conferir a partir desta sexta (6 de março) nas plataformas de podcast o novo Phodecast SexPrivé com Krishna Mahon que traz “sexo falado e bem safado”. O programa conta uma entrevista para lá de divertida com Madame duBa. A convidada é especialista em fetiches. Além de dominatrix, ela faz hipnose para ajudar casais a se libertarem de suas travas e terem mais prazer.

O Phodecast do canal também é videocast, pois entra com imagens na grade do SEXPRIVÉ e no YouTube. Os programas são semanais.

“Em cada bate-papo, sempre pergunto sobre dicas para as pessoas transarem mais e melhor. Cada um dá um conselho diferente, mas todos acabam prestando atenção naquilo que a sociedade menos tem prestado atenção nos últimos anos, que é o prazer feminino. Estou tentando estimular as mulheres a não terem medo da sua libido, a ousar mesmo e serem donas do próprio corpo e do próprio prazer”, conta Krishna Mahon.

Marcadores