Cinema Notícias

Confira novos curtas na mostra online de cinema baiano

Onde Cair Morto
Onde Cair Morto

O Cabine Cultural prossegue disponibilizando uma seleção de obras representativas do audiovisual contemporâneo da Bahia. Desta vez, são quatro curtas-metragens que passeiam pela história memorialista de Salvador e suas tradições religiosas e culturais, mas sem perder de foco a precarização do trabalho e o embrutecimento das relações humanas. Para sonhar e refletir também. Curadoria Adolfo Gomes.

O projeto

O audiovisual baiano continua no ar, nas telas, na internet. Prova da diversidade e força criativa das produções locais é a seleção que o Cabine Cultural reúne na primeira mostra online do site.

A ideia é, a cada semana, disponibilizar, aqui no Cabine Cultural, novos curtas baianos para arejar os sentidos e possibilitar diferentes viagens pelos caminhos da arte, é claro: sem sair de casa!

Conheça e acesse os filmes

1 – Onde Cair Morto (BA, 2016)

Direção: Ramon Coutinho
Duração: 8 minutos
Classificação: 12 anos

Condomínio fechado com apartamentos de 3 quartos, com ou sem suíte, ótima localização, todos com vaga de garagem. Lazer completo para toda a sua família se divertir nos momentos livres. Sua estrutura possui piscina, espaço gourmet, salão de festas, churrasqueira, kids room, playground e estação de ginástica. Não perca essa oportunidade.

 

2 – Navegantes (Bahia, 2015)

 

Direção: Sofia Federico
Duração: 15 minutos
Classificação: 12 anos

É dia 30 de dezembro na Bahia. Ari, zelador da Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem, é um fiel devoto do Nosso Senhor Bom Jesus dos Navegantes. Todo ano ele conduz a imagem na Galeota Gratidão do Povo, uma tradição iniciada pelo seu bisavô. Nesse ano em especial, Ari está triste: deveria passar seu posto de condutor da galeota para o filho Tadeu, mas como o rapaz é deficiente físico, sua participação não é autorizada. Ari fará de tudo para tentar resolver o problema.

 

3 – A infância de Anastácia (Bahia, 2007)

Direção: Cláudio Marques e Marília Hughes
Duração: 5 minutos
Classificação: Livre

Memórias de Dona Anastácia e da cidade de Salvador.

 

 

 

4 – Sujeito objeto (Bahia, 2017)

Direção: Djalma Calmon e  Heraldo de Deus
Duração: 13 minutos

Pedro e Renata, mais um casal em meio à multidão de sujeitos. Ele artista de rua, estátua viva que se tornou seu próprio personagem: calado e duro. Ela é viva, mas está morrendo por dentro.

Clique aqui para assistir
Senha: CLIC2

Sujeito Objeto
Sujeito Objeto

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta