Cinema Lista de filmes Notícias Sexo

Lista: Gabriela, Bruna e filmes com sexo no cinema nacional

Bruna Surfistinha - Sexo
Bruna Surfistinha

Sexo – Cinema nacional foi durante décadas visto como raso e com excesso de sexo; será verdade?

Vamos falar de cinema e sexo. Uma dupla que vem convivendo bem no cinema nacional desde o seu início, e que teve na época da pornochanchada o seu ápice em termos de quantidade de produções com pautas mais sexuais, seja no tema, ou em sequências independentes.

Vamos listar a seguir alguns filmes que flertaram bastante com o cinema erótico, mas que não são.

Cidade Baixa (Marcante)

O filme conta a história de uma dançarina chamada Karina, interpretada por Alice Braga, que sai de Vitória, no Espírito Santo, e sonha em encontrar um estrangeiro rico no carnaval de Salvador. No meio do caminho encontra dois amigos de infância, Deco (Lázaro Ramos) e Naldinho (Wagner Moura), que lhe dão carona em um barco, onde são sócios, em troca de favores sexuais. Numa das paradas antes de chegar ao destino final, Deco e Naldinho se envolvem numa confusão em Cachoeira, por conta de uma aposta mal sucedida numa rinha de galo. É nesse momento que o filme ganha mais fôlego, quando Karina decide ajudá-los ao invés de seguir viagem numa outra carona que havia conseguido num caminhão. A história é de uma densidade dramática crescente, que conta com cenas fortes que podem até chocar uma grande parte do público, induzindo-os de forma  errada a pensar que cinema nacional é feito somente de sexualidade desenfreada e elementos de sem-vergonhice.  Entretanto, essas cenas dão ao filme um encanto ainda maior.

Gabriela (um clássico)

Bahia, 1925. Uma das maiores secas da história do Nordeste leva para Ilhéus Gabriela (Sônia Braga), uma bela retirante que com sua beleza e sensualidade conquista a todos, principalmente Nacib (Marcello Mastroianni), dono do bar mais popular da cidade, que emprega Gabriela para trabalhar em sua casa e com quem tem um caso. O relacionamento dos dois fica tão intenso que eles se casam, mas tudo parece desmoronar quando Gabriela lhe é infiel com o maior conquistador da cidade. Paralelamente, um “coronel” vai ser julgado por ter matado sua mulher com o amante. Os outros “coronéis” acham que ele tem de ser inocentado, pois houve um forte motivo para o crime, mas os tempos mudaram e determinados conceitos do passado estão sendo ents.

Leia também

Lista de filmes: Emanuelle e os melhores filmes eróticos já produzidos
Lista: o sexo nas novelas e séries da Rede Globo
Lista de cinema: Rocco e os filmes com cenas de sexo disponíveis na Netflix
Ninfomaníaca e as mais marcantes cenas de sexo do cinema

Um Copo de Cólera (um filmaço)

Nos arredores de São Paulo, um ex-ativista (Alexandre Borges) constrói em uma chácara um mundo à parte. Após uma noite de amor intenso com uma jornalista politizada (Julia Lemmertz), todo o clima desaparece quando ele tem um ataque de cólera quando nota que as saúvas fizeram um rombo na sua cerca viva. Este fato, que normalmente não teria maiores conseqüências, gera inúmeras acusações por ambas as partes.

Cama de Gato (Perturbador)

Cristiano (Caio Blat), Gabriel (Cainan Baladez) e Francisco (Rodrigo Bolzan) são três amigos que moram em São Paulo, que assim que concluem o ensino médio decidem sair pela noite em busca de diversão. Em sua tentativa de se divertir a todo custo eles acabam estuprando e matando uma adolescente.

A Dama do Lotação (Quase erótico)

Carlos (Nuno Leal Maia) e Solange (Sônia Braga) se amam desde jovens e, após um casto namoro, se casaram. Na noite de núpcias, Solange se recusa a fazer amor com ele. O marido implora e sem sucesso, em um acesso de raiva, estupra a esposa. Solange afirma que o adora, mas nos meses que se seguiram ao casamento ela não pode ser tocada por Carlos. Para provar a si mesma que não é frígida, começa uma rotina diária de seduzir homens que ela nunca viu nem verá novamente e nem mesmo sabe seus nomes. Além disto, ela tem relações com o melhor amigo de Carlos e até mesmo com seu sogro (Jorge Dória). Carlos entende que ela é infiel e, armado, confronta Solange. Enquanto isso, ela busca ajuda psiquiátrica, pois não sente nenhum remorso.

Leia também

A ética no cinema: lista de filmes que abordam questões éticas e morais
A ética na televisão: lista de séries que abordam questões éticas e morais
E-book – Guia completo de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil

Sexo, moda e comportamento no Feminino e Além

Bruna Surfistinha (Real)

Com o pseudônimo Bruna Surfistinha, Raquel (Deborah Secco) mergulha no universo da prostituição e se torna uma celebridade na internet. Tímida no início, a jovem atrai os olhares cobiçados dos clientes ricos da cidade e logo começa a fazer sucesso. Deslumbrada com o dinheiro que passa a ganhar, ela acaba gastando mais do que deveria e se envolve no mundo das drogas. A fama vem com a criação de um blog na internet em que passa a contar suas experiências sobre os programas. A partir do site e com a ajuda de uma amiga que conheceu na prostituição, Bruna começa a atender os clientes em um local particular, numa região nobre da cidade, ficando cada vez mais famosa. Dirigido por Marcus Baldini, o filme busca mostrar os motivos que teriam levado Raquel Pacheco a fugir de casa e virar garota de programa. E ainda, o drama vivido por outras mulheres que estão na mesma situação.

Paraísos Artificiais (Alucinógeno)

Erika (Nathalia Dill) é uma DJ de relativo sucesso e muito amiga de Lara (Lívia de Bueno). Juntas, durante um festival onde Erika trabalhava, elas conheceram Nando (Luca Bianchi) e, juntos, vivem um momento intenso. Entretanto, logo em seguida o trio se separa. Anos depois Erika e Nando se reencontram em Amsterdã, onde se apaixonam. Só que apenas Erika se lembra do verdadeiro motivo pelo qual eles se afastaram pouco após se conhecerem, anos antes.

Leia também

Cine Band Privé exibe Prazeres do Futuro
Cine Band Privé exibe Contos Eróticos
Cine Band Privé exibe Emmanuelle 4

Amarelo Manga (Cru)

No subúrbio de Recife, Lígia (Leona Cavalli) acorda já mal humorada, pois terá de suportar mais um dia servindo fregueses, que às vezes a bolinam no bar onde trabalha. Quando o dia terminar, só lhe restará voltar ao seu pequeno quarto, em um anexo do bar, e dormir para suportar a mesma coisa no dia seguinte. Paralelamente Kika (Dira Paes), que é muito religiosa, está freqüentando um culto enquanto seu marido, Wellington (Chico Diaz), um cortador de carne, decanta as virtudes da sua mulher enquanto usa uma machadinha para fazer seu serviço. Neste instante no Hotel Texas, que também fica na periferia da cidade, Dunga (Matheus Nachtergaele), um gay que é apaixonado por Wellington, varre o chão antes de começar a fazer a comida. Na verdade ele é a pessoa mais polivalente no Texas, pois faz de tudo um pouco. Um hóspede do Hotel Texas, Isaac (Jonas Bloch), sente um grande prazer em atirar em cadáveres, que lhe são fornecidos por Rabecão, um funcionário do I.M.L. Apesar de decantar Kika, isto não impede de Wellington ter uma amante, que está cansada da situação e quer que ele tome logo uma decisão. Já Dunga pretende conseguir Wellington de outra forma, ou seja, fazendo um trabalho em um terreiro, assim de uma vez só ele “dá uma rasteira” na mulher e na amante. Isaac vai se encontrar no bar com Rabecão para lhe avisar que pode levar o cadáver. Lá ele conhece Lígia e sente vontade de ir com ela para a cama, mesmo com Rabecão lhe avisando que ninguém ali transou com ela.

Entre Lençóis

Paula (Paolla Oliveira) e Roberto (Reynaldo Giannechini) se conhecem em uma boate. Sem trocar muitas palavras, eles logo vão para um motel, onde passam a noite. Lá eles passam horas conversando sobre temas como amor, morte, família e, obviamente, sexo.

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Passe no ENEM vendo filmes

Guia de Filmes