Cinema Lista de filmes Notícias

Lista: as melhores séries de ficção científica da história da TV

Westworld
Westworld

Séries de ficção científica são febre na televisão mundial desde os primórdios da TV nos Estados Unidos

Tempos atrás assisti finalmente os últimos episódios da clássica série Battlestar Galactica, simplesmente a melhor série de ficção científica já produzida pela tv americana. A

A série, ao longo de quatro ótimas temporadas, apresentou uma história que possuía um fio condutor bem visível (a guerra dos humanos com os Cylons), e também abordou vários outros temas, como política e religião. Essa perspectiva mais abrangente inclusive foi o fator determinante para ela ser hoje considerada uma obra-prima dos seriados.

Leia também

A ética no cinema: lista de filmes que abordam questões éticas e morais
A ética na televisão: lista de séries que abordam questões éticas e morais
E-book – Guia completo de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil

Sexo, moda e comportamento no Feminino e Além

A trama da versão mais recente (a que eu assisti) mostra a viagem de um grupo de sobreviventes de uma hecatombe nuclear às Doze Colônias onde os humanos habitavam. Em busca de um novo lar chamado Terra, eles são perseguidos pelos Cylons, máquinas inteligentes criadas pelos próprios humanos e que se rebelaram. Os Cylons com o tempo adquiriram a habilidade de criar cópias humanoides, que então se infiltram entre os refugiados, fazendo a narrativa ficar ainda mais tensa e ágil. Desde a abertura, uma das mais sensacionais já criadas, percebemos o quão boa é a história. Bons personagens, ótimas atuações, um roteiro muito inteligente, que dificilmente deixava furos na história. Além disso, a série contava com uma excelente equipe técnica, e ai vale destaque para os efeitos especiais, primordial para uma série de ficção científica se sobressair perante as demais.

Battlestar Galactica
Battlestar Galactica

Com o desfecho de Battlestar Galactica, fui buscar no meu acervo de séries já vistas, outras ficções científicas memoráveis. Não foi um trabalho muito fácil, já que as mais clássicas (Doctor Who, Star Trek e até mesmo Arquivo X) eu ainda não assisti completamente. Das restantes, algumas eu não considero exatamente uma ficção científica. Lost, por exemplo, que volta e meia entra em listas do gênero, está mais para um seriado de drama com elementos científicos, elementos estes que por sinal foram deixadas um pouco de lado em sua última temporada.

Das que restaram, destaco algumas. Fringe é a mais recente e uma das mais inteligentes. Seu início me trouxe logo lembranças de Lost (queda de um avião no seu episódio piloto dá nisso) misturadas com Arquivo X (uma dupla de investigadores do FBI investigando acontecimentos estranhos). Porém nada melhor que o tempo para fazer a série adquirir musculatura própria e assim construir sua mitologia, original e bastante satisfatória. Fringe, ao longo de suas temporadas, me presenteou com alguns dos melhores episódios desta última década. Casos bizarros, clima aterrorizante, atmosfera sombria, essa era a tríade que fazia da série uma experiência única. Quem ainda não viu, corram, que sem dúvida alguma vale a pena.

Leia também

A ética no cinema: lista de filmes que abordam questões éticas e morais
A ética na televisão: lista de séries que abordam questões éticas e morais
E-book – Guia completo de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil

Sexo, moda e comportamento no Feminino e Além

Outra que indico é Dollhouse, criada pelo roteirista e diretor Joss Whedon. Na história, a belíssima Eliza Dushku interpreta Echo, membro de um grupo de pessoas conhecidas como bonecas. As bonecas são pessoas cujas personalidades e existências no mundo foram limpas para serem impressas com qualquer número de pessoas novas. A série, complicada demais para os americanos, foi cancelada logo em sua segunda temporada por falta de público. De fato, num primeiro momento é necessário um pouco de atenção para adentrar no universo da série, mas assim que você consegue, a diversão é mais que garantida. Joss Whedon, com Dollhouse, Firefly e Os Vingadores, já pode ser considerado um ídolo dos geeks.

Westworld é a mais recente das produções de ficção científica que entra no grupo de grandes séries da história. Do mesmo criador de Lost, produtor de Star Trek e Missão Impossível, J.J. Abrams nos surpreende com uma nova viagem baseada no trabalho de Michael Crichton, famoso escritor de livros como O Décimo Terceiro Guerreiro e Jurassic Park e que tem vários trabalhos adaptados para o cinema por vários diretores famosos como o próprio Spielberg.

Westworld é um convite ao reconhecimento do que é a humanidade e a inteligência, tudo envolto em mistérios e um elenco de primeira com o mestre da atuação Anthony Hopkins, que só por ele já valeria a pena conferir, James Marsden o nosso eterno Ciclope da primeira franquia dos X-Men, o brasileiro Rodrigo Santoro que voltou a ter oportunidades em Hollywood junto a Abrams, com quem fez uma ponta na série Lost e o ótimo ator Ed Harris.

Black Mirror
Black Mirror

Black Mirror é outra série mais contemporânea que faz parte desta lista. Os roteiros bem escritos e a competente produção de Black Mirror não são os únicos aspectos responsáveis pelo grande sucesso da série. Muitas obras cinematográficas gravadas antes do show – por mais que sejam clássicos da televisão e do cinema – vinham perdendo força perante um público que já havia entendido o formato dessas gravações e esperavam por algo novo. Além da Imaginação (Twilight Zone), considerado por críticos um dos seriados que influenciou Black Mirror fortemente, é um destes programas de ficção cientifica que mostram como a tecnologia e forças sobrenaturais podem se tornar um pesadelo para a humanidade. Porém, embora tenha feito um grande sucesso entre os anos de 1959 e 1964, contando com fãs ainda hoje, sua popularidade começou a se esgotar nos anos 70. A tentativa dos produtores de trazer o programa para as televisões novamente nos anos 80 gerou certo entusiasmo, mas nunca com a mesma força do programa original.

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Passe no ENEM vendo filmes

Guia de Filmes