Notícias Televisão

Câmera Record (3/5) mostra trabalhos que não param durante a pandemia

Sergio Aguiar apresenta o Camera Record(1)
Sergio Aguiar apresenta o Camera Record(1)

Os Essenciais: Câmera Record mostra os bastidores dos serviços que não podem parar durante a pandemia

O Câmera Record mostra, neste domingo, dia 3 de maio, como brasileiros que realizam trabalhos imprescindíveis adaptaram a rotina para não parar diante das dificuldades impostas pela pandemia.

Kenny Roger trabalha em uma distribuidora de remédios. Ele é encarregado das câmaras frias que armazenam medicamentos em temperaturas de até 27 graus negativos. Agora, elas também estão lotadas com testes da COVID-19. “Não dá para parar, porque nós mandamos os remédios praticamente para São Paulo inteira”, diz.

Agricultura

O agricultor Davi afirma que teve muitas dúvidas sobre como continuar trabalhando. “Eu cheguei a pensar: ‘Será que vale o risco? É necessário?’”, revela. A resposta foi “sim”, e ele não parou. Segue levando as verduras e legumes que produz para o maior centro atacadista de alimentos da América Latina, o Ceagesp, em São Paulo.

Leia também

A ética no cinema: lista de filmes que abordam questões éticas e morais
A ética na televisão: lista de séries que abordam questões éticas e morais
E-book – Guia completo de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil

Sexo, moda e comportamento no Feminino e Além

“Abastecer as famílias que não podem sair é um trabalho muito importante. E eu acho bacana que, de certa forma, acaba ajudando o país”, afirma o empresário Anderson, responsável por uma distribuidora especializada em produtos de limpeza e higiene.

Serviços veterinários

A médica veterinária Luciene também não interrompeu os atendimentos em um hospital para pets. Ela passou a levar para o trabalho a filha Johana, de 9 anos –a menina está sem aulas presenciais desde o início da quarentena e não tem com quem ficar. Para ela, o período de isolamento social torna o trabalho ainda mais importante. “O cão, o gato e outros animais são muito companheiros. Então, quando a gente cuida deles, a gente também cuida da família”, afirma.

Flávio, de 54 anos, é frentista há 13 e, todos os dias, segue para o trabalho de ônibus e trem –uma rotina que não mudou durante a pandemia. Mas ele adotou os cuidados para não se contaminar e atender os clientes com segurança. “O que eu aprendi é encarar a realidade”, diz.

O Câmera Record, apresentado por Sergio Aguiar, vai ao ar aos domingos, às 23h15, logo depois do Domingo Espetacular.

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Passe no ENEM vendo filmes

Guia de Filmes