Notícias Televisão

Fantástico (24/5) entrevista Sergio Moro, que fala de Bolsonaro e a corrupção

Sergio Moro
Sergio Moro

Fantástico deste domingo, dia 24 de maio, entrevista o ex-ministro do Governo Bolsonaro, que dá declarações fortes sobre o presidente

O Fantástico desta noite de domingo, dia 24 de maio, está imperdível, com uma entrevista exclusiva com o ex-ministro Sergio Moro, que deixou o governo Bolsonaro em meio a uma crise sem precedentes de saúde pública, e ainda assim fez o país mudar de assunto durante dias, semanas.

Sergio Moro saiu reclamando de interferência do presidente na Policia Federal e em outros assuntos que não lhe cabiam respeito. Com a sua saída, a ala Bolsonarista passou a trata-lo como traidor e atacou tanto a sua vida profissional quanto a sua vida pessoal.

O Fantástico hoje está imperdível.

Quem é Sergio Moro?

Nascido em Maringá, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, é uma das figuras que mais marcou presença na mídia nos últimos cinco anos. Ele estremeceu as bases da política brasileira em dois momentos distintos: como juiz federal, foi quem condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à prisão, em julho de 2017.

Leia também

A ética no cinema: lista de filmes que abordam questões éticas e morais
A ética na televisão: lista de séries que abordam questões éticas e morais
E-book – Guia completo de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil

Sexo, moda e comportamento no Feminino e Além

Já como ministro do governo Bolsonaro, deixou o cargo de maneira contundente na última sexta-feira (24), após romper com o chefe. Lula ficou na prisão 580 dias. A atuação de Moro foi tão celebrada que ele foi alçado à posição de ministro de governo, função que exerceu por 16 meses. A saída do ministério se deu por divergências com o presidente Bolsonaro, em específico a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal Maurício Valeixo.

O rompimento traz mais incertezas quanto ao futuro do país. Prestes a entrar em recessão, por conta do coronavírus, o Brasil vive um drama na saúde, economia e agora na política. Isso porque Moro passou a ser um candidato em potencial para, em 2022, concorrer à presidência. Assim, mesmo sem querer, ele deixa o cenário político ainda mais turvo.

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Passe no ENEM vendo filmes

Guia de Filmes