Notícias Sexo

Fotos: conheça Mia Khalifa, a ex-estrela pornô que é símbolo nerd

Mia Khalifa
Mia Khalifa

Mia Khalifa ganhou fama com seus vídeos pornôs, alguns polêmicos, mas que hoje é idolatrada por geeks e fãs de cultura pop

Ela é um dos nomes mais famosos do mundo erótico, entrou na indústria de filmes pornográficos em outubro de 2014. Ela estava trabalhando em um restaurante fast-food quando um cliente se aproximou e perguntou se gostaria de entrar no mundo pornográfico. Com mais de 1,5 milhões de buscas, Khalifa, logo aos 22 anos de idade, tornou-se a artista mais pesquisada no site de compartilhamento de vídeos adultos Pornhub.

Leia também

A ética no cinema: lista de filmes que abordam questões éticas e morais
A ética na televisão: lista de séries que abordam questões éticas e morais
E-book – Guia completo de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil
Sexo, moda e comportamento no Feminino e Além

Em 28 de dezembro daquele ano, o Pornhub revelou que, de acordo com o ranking de seu website, ela era a “estrela pornô” número um, ultrapassando a veterana Lisa Ann.

A polêmica

Mia ganhou o estrelado mundial após um vídeo.

Em um de seus vídeos, a atriz é vista usando um hijab, um item tradicional da vestimenta muçulmana, descrevendo-a como “problemática” e “repugnante”. Muitos se ofenderam com a afirmação, insistindo em que ela estava, propositalmente, trazendo uma imagem ruim ao Islã. Desde então, Khalifa começou a receber ameaças de morte pela internet, após o momento em que foi colocada como a principal atriz do site Pornhub, incluindo imagens manipuladas de um executador do Estado Islâmico do Iraque e do Levante, preparando-se para decapitá-la, juntamente com uma mensagem avisando-a de que iria para o inferno, a qual ela respondeu: “estou mesmo precisando me bronzear um pouco”.

Os jornais libaneses escreviam diversos artigos com críticas extremamente negativas para a atriz, os quais ela considerou insignificantes devido aos demais acontecimentos que ocorriam na região naquele momento.

Adeus mundo pornô

Em 2019, Khalifa declarou em entrevista à BBC que se arrependia de ter trabalhado como atriz pornô, pois acreditara que “pudesse fazer do pornô o meu segredinho, mas o tiro saiu pela culatra.” Também detalhou as ameaças recebidas pelo Estado islâmico. Após deixar a indústria pornográfica, buscou usar sua fama de outras formas, como se tornando uma influenciadora digital. Em maio de 2020, possuía 20 milhões de seguidores no Instagram e outros 3,2 milhões no Twitter.

Marcadores

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta