Convenção das Bruxas
Agenda Teatro

Espetáculo Crimes Delicados faz temporada em julho na capital baiana

Crimes Delicados estreia temporada baiana

Peça chega ao Teatro Jorge Amado trazendo no elenco os atores Rafael Medrado, Patrícia Rammos e Thais Laila

É verdade que uma das maiores fontes de inspiração para cineastas, dramaturgos e escritores é a vida e todas as suas peculiaridades. O texto de Crimes Delicados, espetáculo que faz temporada em julho no Teatro Jorge Amado, aparentemente reafirma esta ideia.

Logo na premissa vemos o quão realista se propõe o espetáculo. Vejamos: na trama, José Antônio de Souza criou um casal típico de classe média, que dá vazão a seus instintos mais violentos. Lila decide matar seus pais, simplesmente porque essa atitude é uma moda constatada pelos noticiários de jornais (lembrando bastante casos como o da jovem de classe média Suzane von Richthofen, que junto com seu namorado assassinou os seus pais na cidade de São Paulo). Hugo decide ajudá-la a realizar o grande crime, mas como eles não têm experiência no assunto, decidem treinar matando seres menos importantes como animais e empregados da casa. Depois de matar os animais de estimação, o casal trama cuidadosamente o assassinato da empregada Efigênia, preparando com riqueza de detalhes cada golpe de crueldade.

Este instinto de violência o cinema já retratou muito bem, com cineasta como Michael Haneke, que apresentou ao mundo em Funny Games (Violência Gratuita), o quão a violência está enraizada na personalidade do ser humano, e em algum momento ela externaliza (em menor ou maior grau).

No espetáculo, os jovens cometem o assassinato e saboreiam suas ações. Criam possibilidades de interrogatórios e estratégias para atrair suspeitas, já que a ideia até então é vivenciar uma experiência real apenas para se preparar para o crime importante que virá depois. E em meio a conflitos e questionamentos a empregada reaparece inteira e viva, resistindo aos ataques dos patrões, causando desespero e loucura, uma vez que a partir dali não podem mais voltar atrás.

Um espetáculo que promete fazer o público baiano refletir a sociedade contemporânea, marcada por uma cada vez mais intensa banalização, e até mesmo glamorização, da violência e da criminalidade. Ao colocar esta temática como centro da história, José Antônio de Souza, juntamente com Marcus Alvisi (que assina a direção), produzem um espetáculo que possui todos os componentes para ser bem sucedido em sua temporada baiana.

SERVIÇO
Crimes Delicados

Teatro Jorge Amado
05 a 20 de Julho – Sábados às 20 hs e domingos às 19 hs
R$ 40,00 e R$20,00
14 anos

Marcadores

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Assista ao trailer

Enquanto estivermos juntos