Convenção das Bruxas
Cinema Críticas Notícias

“Minha Mãe é Uma Peça 3”: excesso de Dona Hermínia atrapalha

Minha mãe é uma Peça 3

“Minha Mãe é Uma Peça 3” bateu recorde de bilheteria e se transformou no filme mais visto em 2020. É merecido?

“Minha Mãe é uma Peça 3”, bem como os dois filmes anteriores da franquia, caiu nas graças do público e chegou ao ponto de ser atualmente o filme mais visto em 2020 nos cinemas brasileiros. É merecido? Essa é uma questão que exige muitas respostas, porém o resultado final do terceiro filme da saga de Dona Hermínia tem graça e uma mensagem bonita ao seu final, porém o fato de quase em 100% das cenas da trama conter a protagonista maior da história, Dona Hermínia, rebaixa o filme.

É como aquele brigadeiro bem doce e gostoso que quando você come na quantidade certa o prazer é imenso, mas quando você exagera percebe que o doce ficou enjoado. “Minha Mãe é uma Peça 3” chega em diversos momentos nesse estágio. E o fato da voz da personagem central ser, digamos assim, marcante demais, atrapalha ainda mais.

Leia também

A ética no cinema: lista de filmes que abordam questões éticas e morais
A ética na televisão: lista de séries que abordam questões éticas e morais
E-book – Guia completo de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil

O filme

Em Minha Mãe É Uma Peça 3, Dona Hermínia (Paulo Gustavo) vai ter que se redescobrir e se reinventar porque seus filhos estão formando novas famílias. Essa supermãe vai ter que segurar a emoção para lidar com um novo cenário de vida: Marcelina (Mariana Xavier) está grávida e Juliano (Rodrigo Pandolfo) vai casar. Dona Hermínia está mais ansiosa do que nunca! Para completar as confusões, Carlos Alberto (Herson Capri), seu ex-marido, que esteve sempre por perto, agora resolve se mudar para o apartamento ao lado.

O filme é todo centrado em Dona Hermínia, e não há espaço para nenhum outro personagem brilhar. Isso não é necessariamente negativo, já que quando se produz um roteiro de um filme muito comercial a intenção é potencializar o que achar mais aceito pelo público. Todas as subtramas, a filha grávida, o filho prestes a casar, a sogra petulante, a irmã que está bem com a sua vida, tudo isso é visto pelo público sob o olhar de Dona Hermínia.

Em um roteiro assim, focado somente em um personagem, é indispensável que o protagonista dê conta. E aqui chegamos ao porque do filme ser tão popular: Paulo Gustavo consegue fazer da personagem criada em homenagem a sua mãe uma representante perfeita das mães brasileiras. Dona Hermínia constrói uma identificação com todos que assistem, nem que seja em alguns momentos somente.

Paulo Gustavo também, temos que mencionar, é um ator muito talentoso, e consegue sozinho entreter, divertir e emocionar a todos.

Leia também

Lista de filmes: Emanuelle e os melhores filmes eróticos já produzidos
Lista: o sexo nas novelas e séries da Rede Globo
Lista de cinema: Rocco e os filmes com cenas de sexo disponíveis na Netflix
Ninfomaníaca e as mais marcantes cenas de sexo do cinema

Esta emoção é uma peculiaridade dele e da sua personagem. Todos os filmes da saga da dona de casa mais amada do Brasil tem momentos emocionantes, que fazem as pessoas pensarem na vida, nas suas relações com os pais, com os irmãos, com os filhos, amigos, etc.

“Minha Mãe é uma Peça 3” consegue divertir, mesmo que haja certo exagero na quantidade de cenas que a protagonista participa. O elenco de apoio é interessante e poderia ser mais bem utilizado. Ainda assim o filme é uma ótima opção para você que quer trazer uma leveza maior para o seu dia.

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Assista ao trailer

Enquanto estivermos juntos