Convenção das Bruxas
Cinema Críticas Notícias

“Em Busca de Zoe”: Netflix faz adaptação meia boca de mais um livro

Crítica “Em Busca de Zoe”

Em Busca de Zoe: filme traz irmãs como protagonistas, e fazem um bom trabalho juntas, porém o roteiro do filme confunde quem assiste

A Netflix lançou recentemente mais uma adaptação literária, desta vez apostando no suspense como elemento para fisgar o público jovem. Em Busca de Zoe tem estes elementos: elenco jovem, protagonistas conhecidas do universo das séries e um tema que é bastante similar a produções como 13 Reasons Why, um dos retumbantes sucessos da Netflix nos últimos anos.

Leia também

A ética no cinema: lista de filmes que abordam questões éticas e morais
A ética na televisão: lista de séries que abordam questões éticas e morais
E-book – Guia completo de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil

Sexo, moda e comportamento no Feminino e Além

A história de Em Busca de Zoe

Faz um ano do assassinato de sua irmã mais velha, e Echo (Laura Marano) ainda está longe de estar completamente bem. Echo tem tentado ser forte, enquanto sua mãe toma muitos antidepressivos e seu pai trabalha demais. Mas no início do ano em seu primeiro ano do ensino médio, Echo recebe um presente improvável do antigo namorado de Zoe (Vanessa Marano): o seu diário. Echo hesita em lê-lo, mas não consegue largá-lo depois de ser tomada pela vida secreta de Zoe.

Uma das questões mais confusas do roteiro é entender exatamente o que quer o filme: é uma história de crescimento juvenil, focado na irmã mais nova que precisa vencer os obstáculos da vida em um dos momentos mais complicados de uma jovem, o ensino médio? É uma trama de suspense, onde há dúvidas de como aconteceu o assassinato da irmã, então ela busca de sua própria maneira descobrir o assassino? Ou seria uma história de como aquela comunidade estudantil lidou com a morte de uma jovem?

O filme é um pouco de cada, e por conta disso não foca as energias em nenhuma destas perspectivas, e como resultado nós vemos que nenhuma destas possibilidades foram bem desenvolvidas.

Leia também

Lista de filmes: Emanuelle e os melhores filmes eróticos já produzidos
Lista: o sexo nas novelas e séries da Rede Globo
Lista de cinema: Rocco e os filmes com cenas de sexo disponíveis na Netflix
Ninfomaníaca e as mais marcantes cenas de sexo do cinema

O modo como o roteiro segue Echo, interpretado pela talentosa Laura Marano, confunde volta e meia quem assiste, pois há um jogo por várias sequencias do que é real e do que é imaginação dela, feita a partir da leitura do diário da irmã morta.

O tom razoavelmente sombrio do filme é um ponto interessante, já que o fio condutor da trama é a morte de Zoe, é a partir daí que tudo acontece, então com algo pesado, não seria adequado o decorrer da história ser desenvolvida de maneira mais ‘colorida’.

É no desfecho da trama que “Em Busca de Zoe” se perde um pouco. O uso de elementos clichês como uma adolescente querendo salvar o dia sozinha, com a ajuda de um amigo, e um plano mirabolante, faz o filme perder muitos pontos.

“Em Busca de Zoe” traz um elenco talentoso, sobretudo com a dupla protagonista (irmãs na vida real) e uma história que se contada de boca soa interessante, porém quando foi transportada para o cinema se perde um pouco.

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Assista ao trailer

Enquanto estivermos juntos