Notícias Televisão

Altas Horas (4/7) homenageia Erasmo com Maria Bethania e Marcelo Camelo

Altas Horas
Altas Horas

Altas Horas deste sábado vai homenagear um dos artistas mais icônicos da música popular brasileira: o tremendão Erasmo Carlos

“Hoje é o especial do especial, do gentil Erasmo Carlos”.

É assim que Serginho Groisman dá início ao ‘Altas Horas’ deste sábado, dia 4. Em entrevista inédita, o ‘Tremendão’, como foi apelidado o cantor e compositor logo no início de sua trajetória musical, traz detalhes sobre o seu dia a dia em casa e conta histórias de uma caminhada de crescente sucesso. Durante a conversa, Erasmo Carlos ainda tem a oportunidade de reviver os melhores momentos de um ‘Altas Horas’ feito em homenagem ao cantor, que contou com a ilustre presença de Maria Bethania, Roberta Sá, Marcelo D2, Marcelo Camelo, Adriana Calcanhotto, Fernanda Abreu, Sandra de Sá, Frejat e Paula Toller.

Leia também

A ética no cinema: lista de filmes que abordam questões éticas e morais
A ética na televisão: lista de séries que abordam questões éticas e morais
E-book – Guia completo de filmes para passar no ENEM e em vestibulares
Os 10 filmes românticos mais assistidos no Brasil
Sexo, moda e comportamento no Feminino e Além

O convidado da vez se consagrou como um dos maiores nomes do rock nacional, ao lado de artistas de peso como Roberto Carlos e Tim Maia. Ídolo da Jovem Guarda, Erasmo Carlos marcou época e possui em seu currículo uma vasta discografia, que se expande até mesmo ao universo da MPB e do samba. Neste sábado, Serginho Groisman revive ao lado do cantor as emoções de uma edição especial, exibida originalmente em 2010. “Estou muito feliz de ver esse programa fantástico. Um dos melhores que fizemos e homenageando você, que merece muito”, adianta Serginho, que tem o afeto retribuído por Erasmo: “Foi bonito, cara. São coisas da vida da gente que acontecem e que se impõem como um momento grandioso da nossa estrada”.

Lembrando as emoções que viveram naquela época, Erasmo e Serginho trocam recordações e falam sobre o disco ‘Terror dos Namorados’, o primeiro gravado pelo cantor, além da música ‘O Beijo’, uma das preferidas de Serginho. Para deixar o momento ainda mais especial, os dois assistem a trechos do programa original, quando cantaram juntos a canção, no estilo descontraído do ‘Altas Horas’. Sobre a saudade imposta pelo distanciamento social, Erasmo diz: “Hoje em dia, temos que ficar longe de todo mundo. Mas aí toda semana eu te vejo e parece que estamos sempre juntos”.

Um dos momentos mais marcantes daquela edição, definida como a grande surpresa da noite, foi a participação da cantora Maria Bethania. Sobre a emoção que sentiu ao descobrir que dividiria o palco com a estrela, Erasmo lembra: “Eu fiquei realmente emocionadíssimo. Na hora, quando reconheci a voz, eu não acreditei… Foi um momento inesquecível. Um daqueles que tatuaram de vez o meu currículo musical”. Na ocasião, Bethânia, dona de uma voz inigualável, cantou “As Canções Que Você Fez Para Mim”, com Erasmo e ainda brincou: “Eu não sou boa de televisão, gosto mesmo é de cantar. Só o Erasmo mesmo para me fazer participar de um programa de TV”. Na entrevista com Serginho, ao rever as cenas daquele momento, o entrevistado completa: “A rainha veio.”

O ‘Altas Horas’ vai ao ar aos sábados, depois de ‘Diário De Um Confinado’.

Adicionar comentário

Clique aqui e comente

Deixe uma resposta

Assista ao Festival

9º edição do Olhar de Cinema